Buy Now Pay Later: entenda o que é e como funciona esse conceito

O conceito de fazer uma compra e pagar pelo produto somente depois é um velho conhecido no mercado. No Brasil, o crediário se tornou um grande “amigo” da população e trouxe diversas possibilidades para os consumidores e para lojistas. Porém, nos últimos anos, uma nova forma de pagamento ganhou destaque ao redor do mundo: o Buy Now Pay Later, com tradução literal para “compre agora, pague depois”.

Conhecido por algumas pessoas como “crediário digital”, o BNPL vem crescendo entre os consumidores e ganhando força, principalmente, em e-commerces, uma vez que permite compras parceladas sem necessariamente possuir consigo um cartão de crédito e sem toda a burocracia de um crediário tradicional.

Com o aceleramento das compras online devido a pandemia de coronavírus, esse novo método de compras se popularizou ao redor do mundo. De acordo com a CNBC, o BNPL representou 2,1% – ou cerca de US$ 97 bilhões – no total das transações globais feitas através de e-commerces. A expectativa é que esse número chegue a 4,2% até 2024.  

Como funciona o Buy Now Pay Later?

O BNPL é uma solução de pagamento. Ele permite que os clientes paguem pelos produtos adquiridos através de parcelas, seja na loja física ou virtual, por meio de empréstimos intermediados. Sendo assim, é possível pagar sem juros dentro de um período pré-determinado pelo estabelecimento, que pode variar entre 30 dias e 12 meses.

Os empréstimos, mencionados anteriormente, podem ser intermediados por fintechs, que são responsáveis por intermediar o diálogo entre a loja e o consumidor. Com isso, ao optar pagar com o BNPL, a instituição disponibiliza o valor para o lojista no dia seguinte, enquanto o consumidor paga parcelado.

As condições de pagamento do Buy Now Pay Later podem variar de estabelecimento para estabelecimento. Cada loja costuma ter seus próprios termos e condições, que incluem, por exemplo, a quantidade de parcelas permitida para cada compra.

Os compradores podem optar por usar um serviço BNPL ao fazer o check-out. Em e-commerces que já disponibilizam este método, basta selecionar a opção. A vantagem para os compradores, como já conhecemos por aqui, é que eles podem comprar um item mais caro do que normalmente pagariam de uma só vez e dividir o custo de sua compra em parcelas mensais.

Então, o BNPL é o mesmo que Crediário?

Ao chegar ao Brasil, o BNPL foi muito questionado. Isso porque algumas pessoas acreditavam que seria apenas um crediário melhorado, justamente por serem soluções muito parecidas. No entanto, eles não são iguais e o BNPL não é uma solução melhorada do crediário tradicional. Mesmo tendo conceitos que, à primeira vista, parecem iguais, os dois possuem propostas bem distintas, inclusive com benefícios diferentes para consumidores e varejistas.

No caso do crediário, quem faz a análise e liberação do crédito é a própria loja ou instituição financeira parceira. O processo de análise de crédito é feito com base em verificações de documentos, histórico financeiro e renda pessoal do cliente. Além disso, dependendo do número de parcelas solicitadas pelo cliente, pode haver uma cobrança de juros. 

Já com o Buy Now Pay Later, a coleta das informações é toda feita através do uso de inteligência artificial. A análise é feita de forma totalmente digital e se baseia em apenas algumas informações do consumidor. Com isso, a liberação do crédito acontece de forma rápida, fazendo com que a compra seja feita em tempo real, sem precisar perder tempo. 

Ressaltamos, porém, que apesar de ser uma solução pensada para o digital, o BNPL também pode ser usado em lojas e compras físicas.

Segundo um estudo realizado pela Generation Pay em 2021, o Buy Now, Pay Later é um dos meios de pagamentos com maior destaque no Brasil. Uma vez incorporado à cultura da população, 43% do brasileiro têm preferência por esse método. O BNPL tem atraído os consumidores durante a retomada econômica, além de ter aumentado as chances de conversão das lojas, sobretudo com os mais jovens. 

No cenário global, um estudo realizado pela PYMNTS mostrou que 11,5% dos usuários deste serviço pertencem às gerações Y e Z, também conhecidos como Millennials e Centennials. Durante o ano passado, esse público foi responsável por um aumento de 28% no uso do método de pagamento, maior crescimento desde o começo da pandemia, em 2020. 

Ainda conforme o estudo, os usuários do BNPL consideram a solução de crediário digital como uma forma econômica de fazer compras. Quase 42% citaram que a clareza dos termos é uma das principais prioridades ao fazer uma compra online e 39,1% citaram a capacidade de monitorar os gastos como um benefício válido.

Observando os indicativos de utilização do Buy Now Pay Later no Brasil e ao redor do mundo, fica evidente a tendência de crescimento em curto prazo, principalmente quando pensamos neste ano de 2022. Porém, ainda é necessário verificar o comportamento dos consumidores em comparação ao andamento da economia, que ainda está se adaptando aos novos cenários criados pela pandemia de Covid-19.

Gostou deste conteúdo? Se inscreva em nossa newsletter para receber mensalmente artigos como este. Entre em contato conosco para saber mais sobre nossas soluções!

Leia também: